Deveres de Informação (Decreto de Lei 144/2006 de 31 de Julho)


De acordo com o Artº. 32º do Dec-Lei 144/2006, de 31 de Julho

Cumpre-nos prestar aos nossos Clientes e Público em geral, informações detalhadas sobre a nossa empresa CROSS ROYAL - Soluções de Mediação de Seguros, Lda, para melhor conhecimento das nossas capacidades empresarias, competências e missão de excelência na prestação de serviços, sempre subordinada ao rigoroso cumprimento da legislação em vigor.

Assim:
A CROSS ROYAL - Soluções de Mediação de Seguros, Lda,  está situada no Pólo Tecnológico de Lisboa – Lote 1, Estrada do Paço do Lumiar, 1600-546 Lisboa.

N.I.P.C. 509184391.

Capital Social de € 50.000,00.

Está inscrita como Mediadora de Seguros em 11/11/2009 no registo ISP – Instituto de Seguros de Portugal, com a categoria de AGENTE DE SEGUROS, sob o nº. 409313926/ 3, com autorização para exercer a actividade de mediação de seguros no âmbito dos ramos VIDA e NÃO VIDA e que se poderá verificar e confirmar em www.isp.pt.

Mais informamos que:

- Não detemos participação directa ou indirecta, superior a 10% nos direitos de voto ou no capital social de quaisquer empresas de seguros. Não existe participação, directa ou indirecta, superior a 10% nos direitos de voto ou no capital social da mediadora que seja detida por uma empresa de seguros ou pela empresa-mãe de qualquer empresa de seguros;

- Estamos autorizados a receber prémios de seguro dos nossos Clientes para posterior entrega às empresas de seguros (Seguradoras);

A nossa intervenção não se esgota com a celebração do contrato de seguro, sendo que dispomos serviços diversos para uma boa prestação na área das cobranças dos prémios de seguro e no pós-venda, nomeadamente em caso de sinistro.


A nossa intervenção envolve a prestação de assistência ao longo do período de vigência dos contratos de seguro.

Não temos obrigação contratual de exercer a actividade de mediação de seguros exclusivamente para uma ou mais empresas de seguros ou mediadores de seguros e não baseamos os nossos conselhos na obrigação de fornecer uma análise imparcial.

Assistirá o direito ao Cliente de solicitar informação sobre a remuneração que o mediador receberá pela prestação de serviço de mediação e, em conformidade será fornecida, a seu pedido, tal informação.

Sem prejuízo da possibilidade de recurso aos tribunais judiciais ou aos organismos de resolução extra-judicial de litígios, já existentes ou que para o efeito venham a ser criados, as reclamações dos tomadores de seguros e outras partes interessadas devem ser apresentadas junto do Instituto de Seguros de Portugal, directamente ou através do Livro de Reclamações disponível nos nossos Estabelecimentos.

É nosso princípio e dever apresentar aos Clientes as coberturas mais adequadas, apresentar o preço mais baixo, a melhor relação prémio/ cobertura de riscos, menos exclusões, mais coberturas e garantias, ser o mais apropriado às necessidades do Cliente e corresponder à vontade manifestada.

 
Acesso CRSeg Net



Os Nossos Parceiros

allianz_logo

Axa

Generali Seguros